O número 12 é um plágio bíblico? - Parte 4

1/11/2016 03:23:00 PM Gabriell Stevenson 0 Comments



As comparações de um suposto “plágio” continuam também com a cultura grega e romana.

8. Deuses gregos e os trabalhos de Hércules

Se diz que 12 eram os deuses do Olimpo. O que não procede de forma 100% correta. Isso dependerá de que época está se falando, pois o Olimpo, bem como a totalidade do panteão grego, foi sendo cheio aos poucos, conforme o tempo mitológico grego se passava.

Se contarmos desde o início dos tempos mitológicos até o seu fim, os deuses que “viveram” no Olimpo foram: Zeus, Hera, Atenas, Afrodite, Apolo, Ares, Ártemes, Deméter, Dionísio, Hefesto, Poseidon, Hermes [1], Eros (Cupido)[2] e Hércules [3]; 14, no total. Contudo, para se obter o número total dos deuses gregos principais, deve-se incluir Hades, e assim teríamos 15 principais deuses.

Além destes 15, também se tinham dezenas de outras criaturas e personificações também divinizadas no panteão grego[1, 2 e 4].

Nem os olimpianos eram 12, nem eram 12 a totalidade de todos os deuses do panteão grego. De qualquer forma, se comparado ao Deus bíblico, Ele é apenas um, manifesto em 3 pessoas: o Pai, o Filho, e o Espírito Santo; e não em 12 pessoas.

Quanto aos trabalhos de Hércules, eles realmente foram 12[5]. Porém, isso, como já devidamente mostrado ao longo dessa série de textos, não implica em plágio de um número. Talvez a quantidade de trabalhos correspondesse aos 12 primeiros que ocuparam o Olimpo, antes de Cupido nascer, ou de Hércules ganhar o seu lugar entre os deuses, mas isso é mera especulação: talvez seja, talvez não.

9. A Lei das 12 Tábuas

Continuando, também se pode dizer algo sobre a Law of the Twelve Tables (Lei das Doze Tábuas) de Roma[6]. Bem, na Bíblia, a Lei não foi posta em 12 tabuas, mas em 2; e 10 eram as leis. No fundo, talvez as doze tábuas foram mera coincidência ou preferência estética.

E só para constar, a tentativa igualmente falida de somar o número de leis com o número de tabuas para se somar 12 é ridícula; deixo aqui registrado para futuras comparações que possam ser feitas ou que já foram feitas.

10. Conclusão

Afirmar que o número 12 não passa de um plágio bíblico ou até cristianizado é um completo absurdo; uma proposta falida e infantil.

O fanatismo em querer desmerecer a Bíblia e o cristianismo chega a tal ponto que talvez surja pessoas que digam que o fato de pedirmos uma dúzia de ovos no mercado seja reflexo desse “plágio” imaginário que só existe na cabeça de pessoas frustradas com o cristianismo, ou em quem gasta metade de sua vida querendo refutar e ridicularizar aquilo que eles não acreditam que realmente exista.


REFERÊNCIAS:
[1] Wikipédia. Lista de figuras mitológicas gregas. <https://goo.gl/EClmeZ>
[2] Wikipedia. Lista de divindades. <https://goo.gl/od1Wl6>
[3] Wikipédia. Hércules. <https://goo.gl/um86d8>
[4] Sua Pesquisa. Deuses Gregos. <http://goo.gl/gvVPH>
[5] Wikipédia. Labours of Hercules. <https://goo.gl/f7804Q>
[6] Wikipédia. Twelve Tables. <https://goo.gl/9GdK9e>